Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Di(ar)io de um louco

Viagens aos tormentos, às depressões, aos vazios, e ao drama! Ao amor, e à morte!

Di(ar)io de um louco

Viagens aos tormentos, às depressões, aos vazios, e ao drama! Ao amor, e à morte!

Estou louco! Ajudem-me!

"Estou louco! Não me revejo! Elevo as mãos às profundezas da minha alma e grito! Choro! Eu desisto! Juro! Desisto, porque o dia foi como os outros, sem ti! Bela! Eu olho para a rua! Bela, olha! Bela, uns dementes sorriem-me. Mangam comigo! Eu sou diferente, sempre tive essa ideia! Senhores! A vossa intercepção por mim, é crucial. Não, não, não! Ajoelhar-me não! Vós, oh mundo insano, pecador, perdido... não! Larga-me, não quero estar mais na tua presença! Ah ah ah! E lá vem! Sorri cabrão! Estou fechado, mas não estou morto! O meu espirito clama aos mares e aos monstros do universo! Tenho um truque na manga... Não! Não, não! Por favor! Para de me arrastar pela amargura que me tens imposto! A nossa filha, tem chorado lagrimas de sangue. Tem transtornado os mares. Eles, lamentam-se... Idade Média, estás aí?! Devo tratar-te como? Acima de tudo, ensinaram-me que és crua, religiosa... argrrrr. As conversas com a minha depressão, fazem-me arrepiar! - Demente! Louco!