Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Di(ar)io de um louco

Viagens aos tormentos, às depressões, aos vazios, e ao drama! Ao amor, e à morte!

Di(ar)io de um louco

Viagens aos tormentos, às depressões, aos vazios, e ao drama! Ao amor, e à morte!

Dia Nacional da França! ( Dia da (DES)Liberdade!)

 

Ontem era dia de festejos! O dia da França, o Dia da Bastilha. Mas não vim aqui para falar de escolhas de Estado, vim falar de um massacre, da desliberdade à humanidade!

Por volta das  23h20, em Nice festejava-se o Dia da Bastilha, quando algo inédito aconteceu! Alguém com identidade franco-tunisina de 31 anos, com ligações ao EI (ISIS), conduzia um camião carregado de granadas e armas quando atropelou imensa gente! Até agora estão confirmadas 84 mortes e centenas de feridos.

Isto é um crime à liberdade de expressão da humanidade. Vivemos num Continente onde o "HOMEM" tem direitos e deveres, e um deles é o Direito à VIDA! Todos temos o direito de exercer nela, sendo proíbido alguém interferir na perda de vida de alguém! Afinal, a Europa que fará? E ontem com imagens tão chocantes, onde filhos de idade precoce acabavam mortos ao lado de quem mais amavam. Sem culpa! É um ataque aos povos ocidentais, onde mais uma vez, voltou a ferir o coração da Europa. Uma vez mais, a França e toda a Europa acabam de ser "humilhadas", por alguém com ideias extremistas, machistas, etc! Amigos, a União Europeia, é um Continente com leis, igualdades, onde todos somos "obrigados" às leis ditas e propostas. Uma vez mais, a humanidade volta a chorar, figuras de Estado enviam condolências ao povo da França, umas vez mais a Europa fica manchada de sangue. Pessoas sem coração, onde prentendem poder na religião. Não sabem eles que religião significa também um direito à vida? Precisamos de alguém com mão forte na Europa! Um dos ideais Europeus, é um (não) à violência, mas em casos destes...

Para todo o povo da França;

As mais sinceras condolências do povo Português.
13686549_10206653526756809_3771975006162820393_n.j

 

Não pares de sonhar!

Passaram-se tantos momentos desde a última vez que estive contigo! B em... Foram meses, mas para mim foi uma eternidade! Uma eternidade de... Altos e baixos, onde sempre foste o centro de tudo. Amei-te com tanta força, tu nem imaginas minha amada. A saudade que tenho de te sentir, de te abraçar, de acordar ao teu lado. Por vezes , digo-me feliz, mas sabes tu que não. Seria eu incapaz de trocar o meu enorme sentimento contigo para outra! Foi duro. Tu que és princesa de outro Reino atende à minha dor. Por vezes, no silêncio da noite sinto um arrepio, e um frio no meu peito. Na minha barriga, sinto "borboletas" de outrora. A minha mente começa a viajar num espaço sem fim e sem limites... E quando dou por mim, medito horas e horas sem parar. Sabes... Não deixes de sonhar!

Nunca desistam daquilo que sonham.

Hoje, para mim este dia catorze é especial! Será sempre! No ano dois mil e quinze, decidia por estas horas tentar algo novo... Escrever um livro! Foi algo inédito, mas era fantástico saber que me interessava por algo que não era de me chamar à atenção. Foi um caminho árduo, custou mas no fim veio a recompensa. Consegui terminar o livro passados mais de sete meses, agora estava o caminho completo! Lutas, batalhas, orava para terminar o livro, para que Deus me desse inteligência para algo que eu dizia impossivel. Uma batalha enorme no mundo de Ângelo, no coração de Trás-os-Montes. Em cada esquina vila-florense, restos de memórias incompletas, com uma saudade imensa dos tempos de abraços. Um romance jamais imaginado por qualquer historiador daquela época, uma luta contra a descriminação, uma luta contra as igualdades do homem! Sem minorias, num Mundo igual!

Agradecer também ao Municipio de Vila Flor, que desde logo abriram mãos para que o projecto fosse avante. Alguém acreditou em mim e decidiu investir, sem medo do que todos diriam. Ele, Sr. Presidente da Camâra Municipal de Vila Flor, na pessoa do Engº Fernando Barros.

E um muito obrigado áquele, que vive para a Eterninade: Jesus Cristo.

"O homem sonha, Deus quer, a obra nasce."

Ps: Se quiserem adquirir a obra: https://www.chiadoeditora.com/livraria/uma-batalha-inesquecivel. Também na livraria mais próxima, podem mandar vir.

12991118_246375185738908_2891142575684236707_n.jpg

 

Entrevista na Rádio Onda Livre (Macedo de Cavaleiros.)

Bom dia!

No dia 9 de Julho das 11:00 ás 12:00, estive na Rádio Onda Livre ( Macedo de Cavaleiros.) Estive com a jornalista Tânia Rei, onde aboprdamos todos os temas, especialmente a descriminação na Ue! É disso que o meu livro fala, de uma Europa instável com perigos ás minorias étnicas. Um amor de alguém de uma minoria étnica que com a sua amada lutaram contra tudo e todos. Foi uma entrevista de uma hora, onde tudo correu absolutamente bem!