Viagens aos tormentos, às depressões, aos vazios, e ao drama! Ao amor, e à morte!

12
Jun 17

- Socorro! Socorro! Anseio a morte como um eterno repouso ao sofrimento da minha carne! Escorrem-me pelo espirito lágrimas da ganância, da morte, da vida e da espada! Bela, não és digna de mim! Senhores, lançai-me à eterna fugueira! Arrepia-me alma, vejo a própria besta perante mim. Não! Não! Não! Ajoelha-se a mim. Pede-me favores, não quero ouvir mais! - Quero a tua vida. Cresce em mim a ânsia da tua carne, da tua alma. Vejo-te no meio dos meus... o sofrimento é tanto que me conduz à agonia... - Não... a minha vida não! Não sabes a minha história. Toda ela é agonizante. Em mim vive um monstro refugiado... não! Bela, olha esse ser tão mau a sorrir-te! - Quem?! Seu demente! Olha para mim! Eu, sou tudo, menos o anjo da morte... ah ah ah! - Aaaaaaaah, a agonia toma conta da minha vida! Socorram-me!

publicado por Ângelo Virtuosa às 22:48
 O que é? |  O que é? | partilhar | favorito

Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO