Viagens aos tormentos, às depressões, aos vazios, e ao drama! Ao amor, e à morte!

06
Dez 16

Deixa-me, e permite-me que me inspire em ti. A saudade, é agora um sorriso. Um sorriso, que diz ao mundo que agora, eu sou feliz. Encontrei alguém divino. Dúvido que seja carne. Temo que seja o prórpio Cristo, a provar uma das minhas tentações. Em que admiro, a inteligência, bom carácter, e a humildade. Olha, se eu pecar! A ira do Santo, certamente levantar-se-á contra mim. O vento hoje, sopra a meu favor. O meu navio, estava amaldiçoado aos horrores das profundezas. A minha alma, transbordava de tristeza. Hoje, encontrei um bom oceano. Tu, és o melhor oceano que Deus me permitiu descobrir. Como em todas as fases da vida, encontrámos sempre coisas que nos façam chorar, sofrer. Mas não corrói! A primeira vez, que me deparei com algo tão valioso, temi! Temi, porque não sou a pessoa apropriada para que Deus, imponha algo valioso. Um tesouro tão grande e majestoso para mim, é dificil acreditar. São as cartas de alguém, que preza o mundo, e faz do amor um mistério. Um mistério abençoado e cheio de alegrias, sorrisos, e às vezes, um grande NÃO.

publicado por Ângelo Virtuosa às 21:32
 O que é? |  O que é? | partilhar | favorito

Que bonito texto, parabéns :)
Sr. Solitário a 7 de Dezembro de 2016 às 17:21

Espectacular
Anónimo a 8 de Dezembro de 2016 às 23:28

Dezembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
15
16
17

18
20
22
23
24

25
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO