Viagens aos tormentos, às depressões, aos vazios, e ao drama! Ao amor, e à morte!

19
Dez 16

transferir.jpg

Deixa-me fazer-te feliz. São lágrimas, lágrimas de felicidade. O Mundo, louva à Paz mundial. Mas nós... Somos a beleza fundida desde o princípio, e o amor incorpordado na infindade do Universo. Todos sonhamos ser felizes, eu, apenas sonho ver-te sorrir. Ver-te feliz. Fazer de mim uma parte de ti. O teu olhar, descreve a pura e bela sensação de sonhar em mundos que desconheço! Sou navegador. Ora! O Infante D.Henrique, há muito que partiu. Partiu com o dever de ser submisso à missão enviada por Deus. Por vezes, o Homem é um perverso! Falha, e não pensa em reconstruir o que abaixo impôs. É um demente. Sabes, tudo tem um propósito. O meu, espero que sejas tu. É uma missão complicada enviada por Deus! Somos fracos, sujos, mentirosos. Adão, assim o permitiu! "Essa" Eva! Diz-se que as mulheres, foram a destruição de Roma. Loucos! Mas para mim! O amor, é a loucura dos dos sábios e o mediocridade dos insanos. Mentem e conseguem! Por cada palavra que Deus me conceda. Eu falo a sério! Eram dois num só. Com mágoas que agitavam um futuro de amor. De felicidade. Aceitas, que eu te conquiste todos os dias, até que a Lua reclame o seu amor ao Deus Sol? Vamos tornar o que sentimos em eterno. Relembrados por todas as Eras, derrubamos padrões. És a beleza vida, que os anjos existem, que o amor é a beleza da vida e a salvação da alma. Abraça-me com palavras, para que não seja necessário sentir e gritar ao mundo que os anjos existem. Fernando Pessoa diria que tem em si todos os sonhos do mundo. Eu agradeço de uma maneira fria, crua e cheia de esperança. Pelo teu mau feitio, me fazer acreditar que a eternidade é na terra. Pelo teu sorriso, me fazer acreditar que os anjos existem. Mas jamais, podem ser abraçados.

publicado por Ângelo Virtuosa às 18:38
 O que é? |  O que é? | partilhar | favorito

Dezembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
15
16
17

18
20
22
23
24

25
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO